Colunistas Daqui Geni Alburquerque

Cotia 2017

Escrito por Geni Alburquerque
O tempo dirá como sempre!

Cotia é um município extenso, com características geográficas nada desprezíveis, coberta por uma porção significativa de Mata Atlântica agregada a uma biodiversidade desconhecida.

Como se fosse pouco, é dotada de uma represa apropriada para o abastecimento da cidade.

Ao longo dos anos, bairros se formaram isoladamente com vocação e identidade próprias.

Estes mesmos bairros são interligados por estradas municipais, que por sua vez, são os caminhos que temos para chegar à Rodovia Raposo Tavares.

No ritmo atual de ocupação desestruturada, estes mesmos bairros experimentarão um inchaço populacional, extinguindo não apenas as Paineiras da José Félix e da São Camilo, como as Araucárias da Estrada do Capuava, mas o próprio direito de ir e vir dos cidadãos.

Jardim?!

2017-foto22017-foto3

 

 

 

 

 

2017-foto4

Os bairros deixarão de existir se transformando em uma massa urbana disforme e medíocre, fazendo com que a nossa movimentação seja através de vielas descalçadas e esgoto a céu aberto, tal como já acontece com o Rio Cotia.

Qualidade de vida, biodiversidade e desenvolvimento

Que cenário, hein!

Ainda bem que o ano está apenas começando e com ele um grupo que sinceramente espero, seja de bons gestores para o município e, para conveniência da população, serão constantemente avaliados. Inclusive pelas redes sociais. Uma inovação!

O Ano Novo costuma gerar entusiasmo entre os eleitos, o que foi perceptível através das fotos publicadas durante a posse e diplomação, e faço fervorosos votos para que este entusiasmo permaneça até o último dia de mandato.

Anseio para que os sorrisos esfuziantes daqueles que estão assumindo Secretarias, com suas respectivas responsabilidades, se justifiquem através da avaliação positiva dos contribuintes ao término de suas gestões.

O ano que se inicia me permite ter esperanças de que estes cidadãos, que ocupam cargos públicos, pratiquem diariamente a meritocracia, através da redução do desperdício; melhor ainda se focarem em eficiência na prestação dos serviços públicos, valorizando sua própria contribuição significativa em gerar resultados positivos.

Afinal, terminar um mandato com cidadãos orgulhosos de sua administração será a mais autêntica renovação!

Avaliando a composição das Secretarias anunciadas, tive a impressão de que, tanto a de Desenvolvimento econômico e Trabalho, a de Desenvolvimento urbano, a de Administração e logística, a de Gestão estratégica e Inovação, assim como a de Desenvolvimento social e de Obras, são na realidade desmembramentos de uma só, a de Finanças, porque lidam diretamente com o resultado da arrecadação do município e que poderemos constatar se haverá transparência na aplicação dos recursos, ou talvez tenha sido, mais uma vez, uma acomodação da quilométrica coligação partidária com pomposos títulos de Secretaria.

Será que estou exagerando as minhas expectativas?

Como nem tudo são flores pelo caminho infelizmente, a extinção da Secretaria do Meio Ambiente, não apenas comprova o descaso deste novo governo com a qualidade de vida de sua população, como escancara a evolução do desmatamento do maior patrimônio natural da cidade, a proliferação dos lixões clandestinos, a expansão dos loteamentos irregulares, que também avançam pelos arredores da Reserva do Morro Grande, colocando em risco o próprio abastecimento de água da cidade.

Sociedade e o Meio Ambiente

Ouso sonhar que o Secretário de Transportes será capaz de disciplinar e profissionalizar os condutores de transporte público, assim como o Secretário de Comunicação social fará uma explicação coerente para a população sobre o que significa na prática a Casa de Leis.

Entretanto a Secretaria de Turismo, despertou a minha curiosidade e alguns questionamentos:

• Afinal, teremos uma Secretaria que fará de tudo para promover as romarias, shows e rodeios?
• Ou será implantada a estratégia de transformar a região em um polo Ecoturístico-gastronômico-sustentável, para orgulho de seus cidadãos, gerando empregos de boa qualidade e remuneração, valorizando o nosso patrimônio ambiental?!

Já as mais que conhecidas Secretarias da Saúde, Assuntos jurídicos, Governo, Educação, Segurança, Esporte, Cultura e Lazer terão a oportunidade de lacrar ralos sem fundo por onde desaguam nossos impostos e se transformarem no principal diferencial desta Prefeitura.

O tempo dirá como sempre!

Feliz Ano Novo!

Sobre o autor

Geni Alburquerque

Autodidata multidisciplinar. Sócia-proprietária da Taúna e consultora em paisagismo ambiental e jardinagem.

Blog: qualidadedevidaejardim.blogspot.com.br

Facebook:
• https://www.facebook.com/qualidadedevidaejardim
• https://www.facebook.com/Paisagismo-e-jardinagem-por-Geni-Albuquerque-393059724187938

Deixe um comentário