Coletivo Colunistas Joana Lee Mortari

#diadedoar

#diadedoar
Escrito por Joana Lee Mortari

O Brasil inteiro vai se mobilizar para promover a cultura de doação e a solidariedade com as organizações!

O #diadedoar é uma campanha global nascida de uma parceria entre uma organização social nova-iorquina e a Organização das Nações Unidas, com o objetivo de promover a cultura de doação. A doação é ao mesmo tempo um exercitar da musculatura da participação social e uma importante fonte de financiamento para as organizações do terceiro setor, fortalecendo a democracia. O #diadedoar é uma oportunidade para que indivíduos, empresas, organizações sociais e governos ampliem esta conversa.

Interessados no grande movimento financeiro que há muitos anos circunda a abertura da temporada de compras natalinas nos Estados Unidos, a chamada Black Friday, ativistas da 92nd Street Y e da ONU lançaram, em 2012, o Giving Tuesday na terça-feira seguinte à sexta feira de compras. A intensão é que o mesmo movimento de ativismo comercial para compras gere também um movimento de doações para organizações da sociedade civil. De fato, a cada ano que passa a campanha cresce em número de participantes e volume de doações.

No Brasil, o Movimento por uma Cultura de Doação lançou a campanha do #diadedoar em 2013 e se juntou ao movimento global em 2014. Este, portanto, é o terceiro ano da campanha nacional que tem como intenção chamar a sociedade civil para a conversa sobre a importância das doações e participação social, e promover doações ampliando o fluxo financeiro de recursos institucionais para organizações da sociedade civil.

Para participar é simples. Basta se cadastrar no site #diadedoar (http://www.diadedoar.org.br), se inspirar com as dicas que deixamos por lá para empresas, indivíduos e organizações sociais e mobilizar as pessoas ao seu redor para se engajarem na doação de recursos financeiros e não-financeiros. O #diadedoar não é uma plataforma de doações, mas um chamado à ação e uma ferramenta para que todos sejam embaixadores desta causa.

A Associação Acorde, por exemplo, lançou nesta terça, dia 03 de novembro, uma campanha de arrecadação financeira com Matching Fund (sem tradução para o português, é um fundo que pareia doações recebidas em uma campanha de arrecadação, geralmente um para um). Ou seja, para cada real doado para a campanha da Acorde e do Juntos.com.vc, nossos financiadores do fundo doarão mais um real, até o teto de R$ 14.000,00.

Joana Lee Ribeiro Mortari
Responsável pelo Desenvolvimento Institucional da Associação Acorde e articuladora do Movimento por uma Cultura de Doação no Brasil.

diadedoar

Sobre o autor

Joana Lee Mortari

Responsável pelo Desenvolvimento Institucional da Associação Acorde, uma organização que promove o desenvolvimento de crianças e jovens na periferia de Embu das Artes e Articuladora do Movimento por uma Cultura de Doação. Membro do conselho do Instituto Geração e da Associação Cairuçu. Formada em Direito pela Universidade Mackenzie e pós-graduada (LL.M) pela Faculdade de Direito da Universidade da Pensilvânia, nos EUA. Pós-graduanda no programa “Reflective Social Practice” pelo Crossfields Institute (UK) e Alanus University em Bonn, na Alemanha.

Acorde: http://acorde.org.br

Deixe um comentário