Ao redor Colunistas Joelma Somlo

Dicas para curtir o carnaval

Escrito por Joelma Somlo

imagePara quem gosta da folia, quer aproveitar para sair da cidade e conhecer uma antiga manifestação popular de rua, a dica é Pirapora do Bom Jesus. Considerada o berço do samba de roda paulista, a cidade preserva a tradição com o Grupo Samba de Bumbo que, no carnaval, prepara uma feijoada seguida do puro samba caipira de raiz. Veja programação da cidade e conheça mais sobre Pirapora lendo  aqui.

image (1)Outra cidade que preserva o samba de bumbo,image (2) com o grupo Grito da Noite e seus bonecos de cabeças gigantes, é Santana de Parnaíba. O ponto de encontro é a Praça 14 de Novembro, no Centro, dia 24 de fevereiro, às 23 horas. Para as crianças, a Prefeitura organizou matinês nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, no Cine Teatro Coronel Raymundo, com estrutura de saúde e segurança para todos se divertirem sossegados. A entrada é franca para munícipes e visitantes. Antes de ir, veja outras atrações da cidade.

image (3)Para conhecer, ou reconhecer, o carnaval de rua dos “antigamentes”, a opção é Aldeia Jesuítica de Carapicuíba. A cidade está preparando sua tradicional festa de carnaval para as crianças e suas famílias que poderão sambar ao som de ritmos diversos, de marchinhas a afoxés. O local é encantador e tem uma história muito interessante . A Prefeitura também preparou uma festa para os sêniores, na quinta (23 de fevereiro), no Centro de Atenção à Terceira Idade de Carapicuíba. Veja mais detalhes aqui.

Em nossa outra vizinha, Embu das Artes, embora você não encontreimage (4) umaimage (4) programação específica da Prefeitura, vai ver o centro sendo invadido por diversos blocos. Organizados por moradores, esses blocos são bastante familiares e alegram a cidade e os visitantes durante todo o carnaval. Então, sugiro que se informe sobre a cidade no meu artigo e prepare-se para cair na folia e na gastronomia.

Se você prefere levar a gurizada para São Paulo, minha dica é o Sesc Pinheiros. No dia 25 de fevereiro, às 12h, o POIN (Pequena Orquestra Interativa) vai levar todo mundo à loucura, brincando com sons de frevos e de marchinhas. É na praça e é gratuito, então melhor chegar cedo. Para detalhes, veja aqui . Se você gosta de carnaval tradicional e quer que seus filhos conheçam o melhor de nossas marchinhas, de 25 a 27, também na praça, essas músicas são apresentadas, em arranjos originais, pela Banda do Seu Lalá .
Em Osasco, a sugestão é a turma do Mamãe Eu Quero. Os músicos, fantasiados de super-heróis ou dos personagens infantis que povoam o universo da criançada, atacam de marchinhas, clássicos infantis e MPB e a principal proposta é a brincadeira segura e a aproximação entre as famílias da comunidade. Você encontra mais informações aqui .

Agora, para os que querem ar livre, tranquilidade, boa comida e diversão para os moleques, nada melhor do que passar o dia na Quinta do Olivardo onde você encontra um Circuito de Aventura (pedalinho, escalada, tirolesa e arvorismo), passeio a cavalo, vaquinha, além de pratos tradicionais da culinária portuguesa, feitos com capricho e servidos com fartura, e do pastel de Belém que sai do forno a cada quinze minutos. O toque especial do carnaval é o jantar de domingo, com música brasileira ao vivo

image (5)

 

Sobre o autor

Joelma Somlo

Por sua formação em História e Educação, considera o espaço matéria de observação, vivência, aprendizagem e deleite. Como professora de Português para Estrangeiros, enfatiza características da nossa cultura e da nossa história.

Deixe um comentário