Educação Território

Inaugurada Escola Senai de Cotia

Escrito por Redação

Reportagem: Site da Granja

Na tarde de sexta-feira (25), Dia da Indústria, foi inaugurada finalmente a tão aguardada Escola Senai Ricardo Lerner, em Cotia. O evento contou com a presença do presidente da Fiesp e do Senai-SP, Paulo Skaf, do diretor regional do Sesi-SP Walter Vicioni Gonçalves e da família do Patrono Ricardo Lerner (empresário da região falecido em 8 de janeiro de 2018), além de autoridades de Cotia como o Vice-Prefeito Almir Rodrigues, o Secretário de Esportes Givaldo da Costa, o Secretario de Habitação Sérgio Folha e o Secretário do Trabalho Luís Gustavo Napolitano, entre outros. Na ocasião, também foi assinada uma parceria da Prefeitura de Cotia com o Senai, para oferecer atividades esportivas na nova unidade, dentro do programa Atleta do Futuro, para cerca de 500 jovens da cidade. Eles praticarão basquete, capoeira, futebol, futsal, handbol, Jiu-Jitsu e muitas outras modalidades.

Em seu discurso de inauguração da nova unidade, Paulo Scaf lembrou que no dia anterior havia inaugurado uma escola do Senai em Botucatu, naquele momento estava em Cotia e no dia seguinte inauguraria um novo Sesi em Jandira, e que ao longo dos últimos 10 anos, o Sistema S vem conseguindo colocar em funcionamento quase 200 escolas, todas de primeiro mundo! Agradeceu à indústria de São Paulo, aos seus colegas de diretoria da Fiesp, conselheiros do Sesi, do Senai, diretores, instrutores, professores e a todos que no dia a dia colocam as unidades para funcionar. “Essa escola, além da beleza arquitetônica, dos equipamentos ultramodernos, vai possibilitar que cerca de 5 mil pessoas passem por aqui todos os anos e se aprimorem profissionalmente, aprendam e vençam na vida“, festejou. “A cada escola que a gente inaugura é a mesma emoção, uma emoção muito forte“. E completou homenageando seu velho amigo Ricardo Lerner, morador de Cotia, falecido recentemente: “A inauguração desta escola atrasou muito, atrasou porque depois que recebemos o terreno descobrimos aqui uma tubulação de esgoto que se desconhecia. Mas hoje eu sei que ela atrasou para ser inaugurada no momento certo, para ter Ricardo Lerner como patrono“, encerrou.

Ao final da visita às instalações da escola, a reportagem do Site da Granja questionou Paulo Scaf, que está se licenciando das atuais funções na Fiesp para se candidatar ao governo do Estado, se ele não temia que seus adversários o acusassem de estar usando estas inaugurações de forma eleitoreira. Sua resposta foi que de formar alguma poderia estar se prevalecendo disso, já que nos últimos 10 anos o Sistema S vem inaugurando escolas todos os meses. “Se nós inaugurássemos uma por mês em 10 anos, seriam 120 escolas e nós inauguramos cerca de 200 escolas. Então é mais de uma por mês em 10 anos, ao longo destes anos todos nós sempre fizemos isso, não se trata portanto de ano eleitoral.“.

A Escola Senai Ricardo Lerner recebeu investimento de R$ 45,7 milhões para a sua implantação e atenderá a demanda de formação profissional da região: inicialmente com cerca de 1500 alunos, podendo chegar a 5 mil, segundo Paulo Skaf, quando estiver com todo o seu potencial em atividade.

A unidade tem sete salas de aula e sete laboratórios: Controladores Lógicos Programáveis (CLP), Sistema Integrado de Manufatura (CAD/CAM), Informática, Eletroeletrônica, Hidráulica/Pneumática, Metrologia Dimensional e Gestão da Produção e Logística. Também dispõe de cinco oficinas: Eletroeletrônica (Instalações Elétricas, Comandos Elétricos e Máquinas Elétricas), Usinagem com máquinas Convencionais e a CNC, Soldagem e Manutenção Mecânica.

Completam a estrutura o setor de empilhadeiras, auditório com capacidade para 118 pessoas e quadra poliesportiva coberta. Os ambientes de ensino possuem equipamentos de ponta e são projetados para oferecer diferentes níveis de capacitação: desde jovens que desejam qualificação para o primeiro emprego, até adultos que buscam ampliar a formação.

A escola desenvolve atendimento a empresas do setor industrial e a partir do segundo semestre de 2018 serão oferecidos cursos de Aprendizagem Industrial (Mecânico de Usinagem, Assistente Técnico de Vendas, Eletricista de Manutenção Eletroeletrônica, Manutenção Mecânica), Técnicos (Logística e Eletromecânica) e a partir de janeiro de 2019 o curso Técnico de Fabricação Mecânica, além dos cursos de Formação Inicial e Continuada de diversas áreas tecnológicas da indústria, tais como: Eletroeletrônica, Logística, Metalmecânica, Metalurgia (Soldagem), Tecnologia da Informação e Gestão. A previsão de atendimento até o final do ano é de 1.500 matrículas nas três modalidades de ensino.

Para Walter Vicioni Gonçalves, que atua há mais de 40 anos nos Sistemas Sesi-Senai, o segredo do Senai para transformar a vida de cada aluno está na sua metodologia de ensino e na sua engenharia de formação profissional. “O Senai, desde o início de suas atividades, valoriza a autonomia do aluno para que aprenda por si mesmo, aprenda a fazer, aprenda na prática“, disse. Segundo ele, “o saber pesquisar, experimentar e descobrir é considerado receita segura e efetiva para alcance do conhecimento e para a sua atualização durante toda a vida.“ Walter ainda lembro que a metodologia do Senai também articula educação e cultura, integrando a produção e a arte. “Nas nossas oficinas está sempre presente o conceito de trabalho bem feito associado à arte aqui entendida em sua dupla acepção, expressão do belo e da técnica.“ Em seu discurso de inauguração da escola, ressaltou que esses e outros princípios presentes na engenharia de formação profissional do Senai fazem dele muito mais do que simples organização de ensino profissionalizante, mas uma instituição de educação integral do aluno, que visa tornar a escola ativa e interessante.

Rogério Lerner, filho do homenageado Ricardo Lerner, lembrou que o pai sempre valorizou os estudos e sempre destacou o importante papel da educação na formação do cidadão. “Não por acaso dois de seus filhos se tornaram educadores“, ressaltou. “A vocação educacional do Sistema S sempre foi motivo de orgulho para o nosso pai“.

Empresário do setor joalheiro, vice-presidente e diretor do Departamento de Segurança da Fiesp, Ricardo Lerner morava em Cotia, era administrador de empresas e atuou no ramo de joias por 40 anos. Reconhecidamente ativo nesse setor, foi presidente do Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM), da Associação dos Joalheiros do Estado de São Paulo (AJESP) e do Sindicato da Indústria de Joalheria, Bijuteria e Lapidação de Gemas do Estado de São Paulo (Sindijoias).

Na Fiesp foi um dos responsáveis pela criação, em 2008, do Departamento de Segurança (Deseg), do qual foi diretor até seu falecimento, dia 8 de janeiro deste ano. À frente do Deseg, Lerner buscou desenvolver e promover ações em prol da segurança empresarial (privada) e pública, bem como na promoção das Polícias Civil, Militar e Técnico-Científica do Estado de São Paulo, oferecendo cursos variados por meio de parcerias com o Senai-SP, além de capacitação profissional para egressos do sistema prisional. Foi também responsável pela criação, ainda no âmbito do Deseg/Fiesp, do Observatório de Mercados Ilícitos, cujo trabalho já resultou na publicação de dois Anuários de Mercados Ilícitos Transnacionais em São Paulo – 2016 e 2017.

Informações oficiais sobre a escola estão no site:

www.sp.senai.br/cotia ou na página oficial da escola no Facebook: facebook.com/senaicotia

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário