Cultura e lazer Redação

Jornal d’aqui leva ao Teatro Raposo – Escolha sua peça e divirta-se!

Escrito por Redação

Escolha uma entre as peças abaixo e ganhe um par de ingressos. Válido para o fim de semana de 22 a 24 de setembro.

Os Miseráveis De Victor Hugo  – O Drama que deu origem ao Musical  

Sábados e Domingos: 20h30

Sinopse:

Uma grande história de conflitos, amor e perdão, que conta a transformação de um homem condenado pela sociedade francesa, num dos maiores exemplos de honestidade e justiça. Nesta adaptação do clássico, 18 Atores e 60 Figurinos para contar a história, com muita emoção, alegria e paixão.

Adaptação e direção: Gabriel Veiga Catellani
Elenco: Beth Veloso, Cristina Mazzuca, Caique Dáttola, Danyelle Sardinha, Eric Rasmussen, Fernando Moratta, João Guilherme, Júnia Haliski, Leti Cruz, Maria Di Agostinho, Paulo Novaes, Regina Catellani, Robson Gabriel, Rodney Martins,
Silvia Souza, Tiago Silva, Victor W´alczak, William Lima.
Censura Livre

Ingressos R$ 40,00 (Inteira)
Teatro para todos (Todos pagam Meia) R$ 20,00 preço único
Gratuito para Professores – Crianças até 12 anos e Adultos acima de 60 anos – Só R$ 10,00.


Há Dois Mil Anos – Psicografada por Chico Xavier

Domingo: 18hIMG_0535

Sinopse:
Inspirada no romance espírita que relata uma das existências do espírito de Emmanuel, a história se passa na Roma Imperial e foi psicografada pelo saudoso Chico Xavier. A peça narra a trajetória do Senador Romano Públio Lêntulus (Wendel Pinheiro) e de sua esposa Lívia (Tatiana Montagnolli), que simbolizavam a força do Império construído pela Roma antiga. Ao encontrarem Jesus, em uma viagem feita à Palestina para a cura da filha doente, veem toda a sua vida ser transformada, em um turbilhão de fatos que até hoje são exemplos de superação, renúncia e fé.

Adaptação e Direção: Gabriel Veiga Catellani
Elenco: Andréa Costa, Ananda Ferreira, Alceste Madella, Almir Macul, Caique Dattola, Lia Del Fiume, Evan Halegam, Fernando Morata, José Ramos, Junia Halisk, Regina Catellani, Renata Freitas, Robson Gabriel, Tainãn Pongeluppe, Tania Gimênez e Wendel Pinheiro.


Biscoitos – O Infantil
Sábado: 16hfoto_91597

Sinopse:
Quarto, banheiro, lavanderia e cozinha. É numa casa cheia de surpresas, detalhes e pequenos encantos que vive o palhaço Conforto, sempre ao lado de seu amado porta-retrato – que guarda a imagem de alguém muito especial. E o calendário avisa que é dia de visitar a pessoa da foto! Quebrar a rotina, ligar o rádio e se divertir preparando deliciosos biscoitos, em meio a trapalhadas, muita bagunça e talvez alguma sujeira! Quais são os ingredientes que dão um gosto único à vida de cada um? O que nos faz deitar num dia e levantar no outro? Talvez um velho rádio tenha a receita! Quem está no Porta Retratos?

A dúvida fica no ar! Durante todo o espetáculo o nosso personagem central interage com o porta-retratos e nunca nos revela a identidade de seu companheiro. Seria uma namorada? Esposa? Filhos? Mãe? Pai? Irmão? Avó? São tantas opções… A ideia do espetáculo é de dialogar com o público sobre perda, saudade e morte de uma forma simples e sem tabus. A opção do autor de não revelar a identidade de seu ente querido, é justamente o ponto chave da peça. Pois cada espectador pode imaginar o seu “porta- retrato”, podendo então ressignificar a perda de seu ente mais querido.

Texto: Kayê Conforto. Direção: Márcia de Oliveira.
Com: Kayê Conforto. Narração: Beatriz Cugnasca, Fabio Galvão, Henrique Caponero, Kayê Conforto e Márcia de Oliveira
Censura: Livre


Serviço:
Teatro Raposo – Sala Irene Ravache
Endereço: Rod. Raposo Tavares, km 14,5 – Jardim Boa Vista – São Paulo/SP (piso Cinema)
Capacidade: 252 lugares (incluindo lugares para cadeirantes e obesos)
Horário da bilheteria: de terça a domingo, das 14h às 22h, ou até o início da apresentação.
Estacionamento: R$ 8 por 4 horas.
Mais informações: (11) 3732-9006

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário