Meio ambiente Redação Território

Moradores de Embu plantam 360 árvores

Escrito por Redação

Iniciativa surge para proteger os animais silvestres

thumbnail_002A Associação de Moradores do Jardim Itatiaia, também conhecida como Condomínio Green Valley, realiza neste mês o reflorestamento de suas ruas com 360 árvores frutíferas nativas de Mata Atlântica como araçá, gabiroba, goiaba, grumixama, pitanga, uvaia, feijoa, abil, bacupari e cabeluda.

A ideia surgiu a partir da observação dos residentes, nos últimos dez anos, de que houve significativa diminuição dos “visitantes” animais silvestres dentro do condomínio. “Acompanhamos essa redução, em especial dos esquilos e algumas espécies de pássaros maiores, como o jacu e o tucano. Os quatis também deixaram de ser avistados”, comenta o morador Maurício Grandeza.

Algumas mudas foram doadas pelos próprios condôminos, que agiram para recuperar as áreas verdes do local e contribuir com a fauna.

Além de fonte de alimentos, as árvores também servem como proteção para um trânsito seguro dos pequenos animais, com menor exposição a predadores e a riscos de atropelamentos.

As plantas passaram por um processo de aclimatação durante os meses de setembro e outubro para, então, começarem os plantios.

BENEFÍCIOS DO REFLORESTAMENTO

O reflorestamento de áreas degradadas traz benefícios para além do bem-estar animal. Trata-se de um ciclo: o plantio de árvores atrai os animais silvestres, que espalham suas sementes e garantem novos plantios espontâneos.

Além de filtrar o ar e proteger as águas, sua biodiversidade garante o necessário para a manutenção da própria existência humana, como a produção de alimentos e de remédios. Soma-se a isso o resultado positivo na qualidade de vida, por meio da refrigeração do clima, minimização de ruídos da cidade, redução do impacto das chuvas, entre outros.

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário