Ao redor Colunistas Joelma Somlo

Museu da Casa Brasileira oferece muitos atrativos

Escrito por Joelma Somlo

Outro ponto de interesse cultural e histórico muito próximo de nós é o Museu da Casa Brasileira (MCB), que fica na Faria Lima e se dedica às questões da arquitetura e do design das nossas moradias. Por meio de exposições temporárias e de uma exposição permanente que apresenta móveis desde o século XVII até móveis da família Prado (antiga proprietária do Solar construído na década de 40), o MCB vem resgatando e preservando a memória sobre as habitações brasileiras.

Não apenas as exposições são extremamente instrutivas, mas a própria casa, com a grandiosidade de sua arquitetura neoclássica, leva o visitante, especialmente o aficionado por Downton Abbey, a se perguntar sobre o modo de vida da elite paulista do século passado. Isto porque o casal (Fábio da Silva Prado e Renata Crespi Prado) fez de sua residência o coração da vida social de seu tempo, promovendo festas e recepções em grande estilo.

Entretanto, sua história de vida fugiu aos padrões da época. Ele, de família tradicional paulista, ela filha de imigrantes italianos do ramo têxtil, foram contra as convenções sociais dos barões do café e das ricas famílias industriais ao se casarem. Outra particularidade do casal foi o fato de não terem tido filhos. Talvez em função disto, ou em consequência de seu interesse pelo social, ao ficar viúva, Renata saiu do solar e, posteriormente, fez a doação do mesmo para a Fundação Padre Anchieta que o cedeu em comodato para a Secretaria da Cultura do Estado.

Mas deixando a crônica familiar de lado, vamos ao que interessa. O passeio pelo MCB custa R$ 7,00, mas é gratuito aos sábados, domingos e feriados. Além do solar com seu acervo, o visitante tem um belíssimo jardim por onde passear e brincar com as crianças. Lá estando, sugiro que procure a namoradeira da foto abaixo para conhecer a arte de Hugo França sem precisar ir a Inhotim.foto-2

Para a hora do almoço, vale a pena provar os pratos do bufê do Restaurante Santinho que, além de comida brasileira, serve saladas diversas, opções veganas, tapiocas e massas feitas na hora.

Há ainda a escolha à la carte, opção de lanches, petiscos, quiches e “menu do dia”, com entrada, prato principal e sobremesa. A política do restaurante também merece ser valorizada, pois prepara suas iguarias preferencialmente com ingredientes sazonais, em sua maioria orgânicos e provenientes de produtores locais.

foto-3

Mas se você preferir dar aos pequenos a oportunidade de fazer um piquenique com suas próprias receitas de tortas, bolos, pães, iogurtes e bolachinhas caseiras para aproveitar a oportunidade e ensinar a eles noções básicas de respeito ao ambiente, o MCB permite que sejam feitas estas descontraídas refeições em seus jardins, basta observar as orientações dadas no link abaixo.

Para completar, aos domingos, oferecem uma programação musical variada. Confira aqui.

Orientações para piquenique. Confira aqui.

Programação. Confira aqui.  

foto-4

Sobre o autor

Joelma Somlo

Por sua formação em História e Educação, considera o espaço matéria de observação, vivência, aprendizagem e deleite. Como professora de Português para Estrangeiros, enfatiza características da nossa cultura e da nossa história.

Deixe um comentário