Saúde Território

São Roque divulga novo cronograma de vacinação contra a febre amarela

Escrito por Redação

O Departamento de Saúde da Prefeitura da Estância Turística de São Roque, já está executando o novo cronograma de vacinação contra a febre amarela em todos os postos de saúde.

O Centro de Saúde II, está aplicando a vacina diariamente das 7.00 às 16.00 horas, já as demais unidades de saúde estão seguindo o seguinte cronograma: Vila Nova e Villagio Emilia, às terças-feiras, das 7.00 às 14.00 horas; São João Novo, Carmo e Saboó, às quartas-feiras, das 7.00 às 14.00 horas; Maylasky e Unidade Central, às quintas-feiras, das 7.00 às 14.00 horas; Goianã e Canguera, às sextas-feiras, das 7.00 às 14.00 horas.

A vacina que agora é dose única, é recomendada para pessoas de 09 meses e não existe mais limite de idade, segundo nova orientação da Secretaria de Estado da Saúde.

A imunização não está indicada para gestantes, crianças com até 6 meses de idade, imunodepressão de qualquer natureza, HIV positivo com imunodepressão grave, tratamento com drogas imunodepressoras como corticoides, quimioterapia, radioterapia e imunobiológicos, transplantados, portadores de câncer, imunodeficiência primária, alergia prévia associada a componentes da vacina, doenças do tino e gestantes. Em caso de dúvida, é importante consultar o médico.

É imprescindível a apresentação da carteira de vacinação para as anotações que poderão ser utilizadas posteriormente para a emissão da carteira internacional de vacina, porém quem não tem a carteira poderá receber a dose da vacina normalmente.

Desde o ano passado foram encontrados e encaminhados para exames 27 macacos, sendo que 13 apresentaram resultados positivos para a febre amarela, 7 negativos e 7 aguardam resultados

Desde fevereiro de 2017 foram vacinadas em São Roque 64.575 pessoas o que representa imunização de 74,5% da população.

Segundo a Chefe de Divisão de Saúde, Daniela Groke, “embora São Roque tenha imunizado mais de 74,5 da população neste ano, é muito importante que todos tomem a vacina, pois a cidade de Jundiaí que tinha vacinado 92% de seus habitantes, registrou o primeiro caso de febre amarela em humano, justamente em um morador que tinha se recusado em tomar a vacina. E na semana passada mais 4 pessoas morreram vítimas da doença e uma está internada em estado grave num hospital da capital. Então, a imunização se torna fundamental para a prevenção da doença, principalmente em pessoas que moram em áreas próximas a mata, ou onde macacos foram encontrados mortos”.

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário