Colunistas Gastronomia Maria José da Silva

Semi fredo de rabanada

Escrito por Maria José

É um doce clássico do Natal mas que agrada muito também no Réveillon.

Trata-se da repaginação de um doce clássico de Natal, português, servido praticamente em todo o mundo. Fácil de se fazer, exige algum tempo de preparação, amplamente compensado pelo resultado alcançado. Barato, usando ingredientes facilmente encontráveis, vai proporcionar um grande prazer aos seus convidados que, com certeza, não pouparão elogios às sua qualidades de boa doceira. É doce leve, tradicional, que complementa divinamente as ceia de Natal, embora possa ser feito a ano todo.

PRIMEIRA PARTE

INGREDIENTES
• 10 FATIAS DE PÃO DE FORMA, SEM CASCA, CORTADAS AO MEIO
• 1 XÍCARA DE LEITE
• ¾ XÍCARA DE LEITE CONDENSADO
• 3 GEMAS
• 1 ½ XÍCARAS DE AÇÚCAR
• ½ XÍCARA DE CANELA
• 1 ½ LATAS DE ÓLEO PARA FRITAR (NÃO DE SOJA)

MODO DE FAZER
1. MISTURE BEM NUMA ASSADEIRA O LEITE, O LEITE CONDENSADO E AS GEMAS
2. MISTURE EM OUTRA ASSADEIRA O AÇÚCAR E A CANELA
3. LEVE O ÓLEO A ESQUENTAR A TEMPERATURA ALTA
4. EMBEBA AS FATIAS DE PÃO RAPIDAMENTE NA MISTURA LEITE/LEITE CONDENSAD/GEMA, DOS DOIS LADOS E LEVE AO ÓLEO, USANDO UMA ESCUMADEIRA PARA PEGAR
5. FRITE DE TRÊS EM TRÊS ATÉ QUE DOUREM, NÃO DEIXANDO MUITO TEMPO NO ÓLEO, POIS A RECEITA EXIGE CROCÂNCIA POR FORA E HÚMIDEZ POR DENTRO
6. IMEDIATAMENTE APÓS CADA FRITURA PASSE AS FATIAS DE PÃO DOURADAS NA MISTURA DE AÇÚCAR E CANELA, ENVOLVENDO-AS COMPLETAMENTE. RESERVE

SEGUNDA PARTE

INGREDIENTES
• ½ LITRO DE LEITE
• 1 LATA OU CAIXINHA DE LEITE CONDENSADO
• 5 COLHERES DE FARINHA DE TRIGO
• 1 COLHER DE MAIZENA
• 1 COLHER DE CHÁ DE ESSÊNCIA DE BAUNILHA
• 350 G DE MANTEIGA AMOLECIDA
• 8 COLHERES DE AÇÚCAR
• 5 GEMAS
• 5 COLHERES DE CREME DE LEITE (SE FOR DE LATINHA, SEM O SORO)

MODO DE FAZER
1. FERVA O LEITE
2. SEPARE UMA XÍCARA DELE QUENTE PARA MISTURAR VIGOROSAMENTE (PARA DISSOLVER BEM) COM O LEITE CONDENSADO, A FARINHA DE TRIGO, A MAIZENA E O EXTRATO DE BAUNILHA
3. VOLTE ESSA MISTURA PARA A PANELA COM O LEITE E DEIXE COZINHAR, SEMPRE MEXENDO MUITO BEM.
4. QUANDO ENGROSSAR, TIRE DO FOGO E LEVE À GELADEIRA. RESERVE
5. DEPOIS DE UMA HORA, BATA A MANTEIGA, AS GEMAS E O AÇÚCAR NUMA BATEDEIRA DURANTE NO MÍNIMO 5 MINUTOS ATÉ QUE FIQUE CLARO E SUPER CREMOSO.
6. ACRESCENTE ENTÃO O CREME DE LEITE E O CREME QUE ESTAVA GELANDO
7. BATA PARA MISTURAR BEM POR 1 MINUTO. RESREVE

MONTAGEM

INGREDIENTES
• 200 G DE NOZES GROSSEIRAMENTE PICADAS
MODO DE FAZER
1. UNTE A FORMA DE PUDIM MÉDIA, DE APROXIMADAMENTE 1,5 LITROS, COM UMA CAMADA FINA DE ÓLEO COMESTÍVEL
2. ESPALHE NO FUNDO UMA CAMADA DO CREME, ENVOLVENDO TAMBÉM AS LATERAIS
3. ESPALHE SOBRE O CREME UM PUNHADO DE NOZES PICADAS
4. ESPALHE DEPOIS FATIAS DO PÃO DIURADO, PARTINDO-AS, SE NECESSÁRIO, PARA COBRIR BEM O FUNDO
5. REPITA O ESPALHAMENTO DO CREME, DAS NOZES E DO PÃO DOURADO, NESTA ORDEM, SENDO A ÚLTIMA CAMADA DE PÃO DOURADO
6. COM UMA COLHER APERTE A MISTURA PARA ELIMINAR QUALQUER AR QUE TENHA FICADO
7. SE FOR SERVIR NO DIA, LEVE AO FREEZER POR DUAS HORAS, RETIRANDO MEIA HORA ANTES DE SERVIR. SE FOR SERVIR NO DIA SEGUINTE, LEVE À GELADEIRA, PODENDO RETIRAR NA HORA DE SERVIR.
8. PARA DESENFORMAR LEVE A FORMA DE PUDIM A UMA ASSADEIRA COM ÁGUA QUENTE, DEIXANDO ALI POR UM MINUTO
9. VIRE EM UM PRATO REDONDO

Sobre o autor

Maria José

Maria José da Silva é chef de cozinha há 16 anos. Desde 2004, comanda a cozinha do Chez Maria Restaurante onde é proprietária juntamente com seu marido Guilherme Ribeiro. Nasceu e foi criada numa fazenda no interior de Pernambuco. Em São Paulo, trabalhou 4 anos na confeitaria Brunella. É fortemente influenciada pelo consultor de gastronomia Herry Prescot.

Deixe um comentário