Colunistas Gastronomia Maria José da Silva

Torta merengue tropical

Escrito por Maria José
De morango, maracujá e chocolate.

Receita para 16 pessoas. Em forma grande.

Esta torta é muito fácil de ser feita e é deliciosa. Seu custo é relativamente baixo para o resultado que se alcança. Seu visual é muito atraente, transmitindo uma ideia de leveza que, de fato, a torta tem. Nos dias quentes, ela é muito refrescante, os contrastes de sabores entre o doce do suspiro, o neutro do chantilly (ele leva muito pouco açúcar), o levemente amargo do chocolate e o azedinho do maracujá e do morango, provocam sensações inesquecíveis. É servida bem gelada, o que agrada a todos. Recomenda-se fazer umas duas horas antes de servir, para manter os suspiros crocantes e, ao mesmo tempo, deixar o creme chantilly encorpado.

Ingredientes
• 2 a 3 sacos médios de suspiro comprados prontos no supermercado. Escolha os mais branquinhos
• 1 litro de creme de leite fresco
• 1 caixinha e meia de morangos frescos
• Polpa de 3 maracujás médios
• 150 g. de água
• 350 g. de açúcar
• 200 g. de chocolate meio amargo

Modo de fazer
1. Leve os 200g. de chocolate meio amargo ao fogo baixo com 200g. de creme de leite. À medida que o chocolate for derretendo, mexa bem até formar um creme. Retire e leve à geladeira.
2. Numa panela pequena, coloque a água, 200 g. de açúcar e a polpa do maracujá, com as sementes, até formar uma calda levemente espessa. Leve à geladeira.
3. Coloque na cuba da batedeira 800g. de creme de leite e 150 g. de açúcar, batendo até a consistência de creme chantilly. Retire e leve à geladeira.
4. Faça os itens 1, 2 e 3 antecipadamente.
5. Use uma forma redonda de fundo removível. Unte sua lateral com uma muito fina camada de óleo de cozinha neutro, usando um guardanapo de papel (isso facilitará a retirada da torta).
6. Espalhe organizadamente suspiros inteiros no fundo da forma, evitando deixar espaços livres.
7. Em seguida, com uma colher, espalhe o creme chantilly sobre os suspiros, forçando para preencher todos os espaços e cobrir completamente os suspiros.
8. Espalhe o creme de chocolate (bem pastoso) por cima.
9. Coloque morangos picados e a calda de maracujá sobre o chocolate. Não use todos os morangos nem toda a calda de maracujá, reservando parte para a decoração. Espalhe suspiros quebrados com as mãos por cima para evitar que o creme chantilly da etapa seguinte fique manchado. Force os suspiros quebrados para baixo.
10. Cubra com creme chantilly, espalhando bem até a borda da forma. Use uma espátula para que se tenha bom acabamento. Cuide para que o chantilly não se misture com os morangos e a calda de maracujá.
11. Triture com as mãos mais suspiros para espalhar bem pequenininhos, quase como uma farofa, sobre o chantilly, fazendo a decoração com os morangos e a calda de maracujá antes reservados.
12. Faça a decoração que for de sua preferência.
13. Leve à geladeira e retire da forma na hora de servir. Deixe a base de disco. A lateral da torta vai estar rústica, dando um ar caseiro, apetitoso. Se preferir, cubra a lateral com suspiro triturado.

Como a torta tem muito chantilly, mantenha-a sempre gelada.

Sobre o autor

Maria José

Maria José da Silva é chef de cozinha há 16 anos. Desde 2004, comanda a cozinha do Chez Maria Restaurante onde é proprietária juntamente com seu marido Guilherme Ribeiro. Nasceu e foi criada numa fazenda no interior de Pernambuco. Em São Paulo, trabalhou 4 anos na confeitaria Brunella. É fortemente influenciada pelo consultor de gastronomia Herry Prescot.

Deixe um comentário