Colunistas Daqui Geni Alburquerque

Urbanização e qualidade de vida

Escrito por Geni Alburquerque

Você poderá colocar em sua lista de resoluções de ano novo,
um maior comprometimento com a cidade que escolheu para viver!

Cotia: Núcleo urbano subordinado e dependente economicamente de uma metrópole.

Para entender melhor o conceito acima, visite o Google, onde Cotia se transforma em um ponto de união entre todos os municípios de uma gigantesca região metropolitana.

Achou um pontinho verde?

Incrível, ele vai desaparecer com a aprovação do Plano Diretor e na “surdina” com a aprovação das Leis que regem o uso, parcelamento e ocupação do solo, para que digamos, fique tudo igual!

Encontrou-se neste pontinho verde? Eu já me localizei!

Observe ao seu redor e identifique as áreas passíveis de transformações que terão o poder de degradar a sua qualidade de vida, atente sobretudo, ao tipo de zoneamento que foi aprovado.

Verifique se a futura frequência de caminhões, ônibus e vans, parados nas estradas e avenidas – que trazem consigo aquele odor característico de óleo diesel, poluição sonora e aquela paisagem deteriorada, com uma estética urbana deplorável sem citar os apagões de todos os tipos- será capaz de alterar a sua disposição em permanecer por aqui.

E aí?

Vai colocar o seu “lugar no mundo” à venda e se mandar daqui, ou existe alguma possibilidade de transformá-lo em uma paisagem exclusiva e inteiramente sua?

Especulação imobiliária no Brasil não se restringe às grandes incorporadoras. Infelizmente, existe o outro lado, crescente. Em comum, ambos os lados visam o lucro imediato em cima do centímetro quadrado.

Este outro lado, pouco conhecido da maioria das pessoas, se manifesta quando sua paisagem já não agrada aos olhos.

E muitas vezes, começa com um sujeito que aborda com uma proposta interessante, aquele idoso proprietário de um sítio ou identifica uma área gigantesca, esquecida pela administração municipal, estadual, federal.

Desmatamentos, adensamentos sem qualquer planejamento urbano, impermeabilização do solo, epidemias – afinal o esgoto escorre para que todos vejam o caminho percorrido – e passamos a distinguir ao longe, uma comunidade clandestina, carente de total infraestrutura, porém com comércio e prestação de serviços, informais e também clandestinos. E cada vez mais próxima do que, um dia, você classificou como seu “paraíso na face da Terra”!urbanizaçao2

Daí surgem, a cada eleição municipal, “candidatos a” ou vereadores ansiosos pela reeleição, que prometem regularizações para que a comunidade possa usufruir de infraestrutura como água, escola, luz, postos de saúde, calçadas, creches, sendo incorporada como “ bairro”.

E, pela força do voto, alteram as Leis e, na outra ponta, favorecem incorporadoras, também!

O detalhe que considero mais interessante é que este tipo de urbanização, não promove a qualidade de vida das pessoas, pelo simples fato, de que não temos infraestrutura adequada para suportá-lo. Além do que, distancia a sociedade de seu bioma natural, extinguindo a biodiversidade.

Eu e vocês, estamos neste intervalo, destemidamente, munidos de boas ações sociais e ambientais, entretanto, omissos politicamente.

A primeira coisa que aprendi, quando aqui cheguei, foi que se quiser que o lugar que você escolheu para viver só ou com a sua família, seja no mínimo agradável, sobretudo em seu direito de ir e vir; arregace suas mangas, assim você o terá!

De qualquer maneira, a administração municipal está prestes a aprovar o texto que definirá os rumos da cidade para os próximos dez anos. De um projeto que possamos ter orgulho, socialmente justo, ambientalmente equilibrado, colorido e lindo esse texto não tem nada!

Sem falar que as promessas, que já sabemos que não serão cumpridas pelos candidatos, já estão sendo espalhadas ao vento em eventos promovidos pelos candidatos, como churrascadas, shows, reuniões de associações de bairro.

Agora podemos voltar para aquele pontinho verde e lembrar que no próximo ano teremos eleições municipais. Desta maneira, você poderá colocar em sua lista de resoluções de ano novo, um maior comprometimento com a cidade que escolheu para viver!

Boas festas!

Dezembro, 2015

Sobre o autor

Geni Alburquerque

Autodidata multidisciplinar. Sócia-proprietária da Taúna e consultora em paisagismo ambiental e jardinagem.

Blog: qualidadedevidaejardim.blogspot.com.br

Facebook:
• https://www.facebook.com/qualidadedevidaejardim
• https://www.facebook.com/Paisagismo-e-jardinagem-por-Geni-Albuquerque-393059724187938

1 Comentário

  • Arbitrar através de amplo conhecimento, as formas e estruturas nas construções urbanas das áreas externas, é tão importante quanto o modelo escolhido para a própria construção do imóvel. Seguindo o raciocínio da profissional Geni, além de usar o conhecimento e a habilidade, somar o bom senso, associado arte construtiva.

Deixe um comentário