Carina Lima Colunistas Crônica

A vida nada mais é que os momentos que vivemos

mm
Escrito por Carina Lima

Em meio à morte repentina ou até mesmo a esperada sou levada a reflexões. Durante o ano existem dois momentos em que normalmente fico reflexiva, na época do meu aniversário ou à época do natal e ano novo.

Mortes fazem com que eu reflita sobre a dádiva que é viver, com essa reflexão me vêm inúmeros momentos que ficaram eternizados em minha memória.

Esse ano fiz aniversário em uma quarta, meu tio faleceu na quinta, entretanto desde a segunda anterior sabíamos que a qualquer momento podia ocorrer. Aquela semana, que por si só já me levaria a uma enorme reflexão sobre a loucura que foram os últimos meses, ficou tudo um pouco mais intenso.

Nesses últimos quase dois anos, todos foram lembrados que a vida é um sopro, nunca se despediu tanto de pessoas que gostamos como nesse período e quando eu, Carina, paro para pensar a respeito, penso no propósito/mensagem de tudo isso – e não, antes que pense ‘’lá vai romantizar as perdas’’ isso não é romantizar, é apenas como acredito na vida, para tudo existe um propósito.

Voltamos para o clássico da vida ser um sopro, acredito que todos já sabíamos que em algum momento quando lembrados disso, pensamos ou acreditamos que íamos aproveitar mais, mas em um determinado tempo caímos no esquecimento simplesmente voltando para aquilo que muitas vezes nos priva.

Quantas vezes temos que ser lembrados daquilo que já sabemos? Em meio à vida louca que nos venderam, passamos a não ter tempo para nada, vivemos onde a falta de tempo é sinal de produtividade e com a ideia de que se faz necessário abrir mão de coisas hoje pelo tal futuro.

Agora ao pensar na reflexão que vem com o meu aniversário, paro e reflito sobre os últimos meses, para agradecer por todo aprendizado, momento, oportunidade e acima de tudo, por cada pessoa que fez parte desse ciclo – afinal para tudo existe um propósito.

Em uma semana atípica me deparei com a minha cabeça a mil e um mix de sensações: quantas vezes falamos ou demonstramos a importância de alguém em nossas vidas? Sempre esperamos a data certa para se declarar ou fazer algo especial, quando na verdade sequer sabemos se esse momento vai chegar – às vezes acho pessimismo pensar por essa perspectiva.

Em meio a essa reflexão lembrei de inúmeros momentos ‘’bobos’’ que fizeram esse ano ser incrível, esse ano foi um ano surpreendente e uma das maiores surpresas foram as pessoas que surgiram ou os laços que foram estreitados.

Se me perguntassem qual a conclusão dessas inúmeras reflexões, sem dúvida seria aproveite os momentos, físicos ou online, faça aquela ligação inesperada, mande mensagem ou aquele meme, faça convites não planejados e aproveite suas relações – seja com aquela pessoa que conheceu faz um mês ou aquele que conhece há anos, simplesmente aproveite!

Fale besteira, dê risada, elogie do nada, faça demonsgtrações sem motivo aparente, fale de assuntos necessários, vá tomar um chopp, chá ou um cafezinho, mas aproveite, afinal a vida nada mais é que os momentos que vivemos.

Sobre o autor

mm

Carina Lima

Carina Lima, nascida em 1992, estudante de Psicologia. Cada um tem sua missão e dom na vida, muitas vezes perdemos o tempo nos limitando a coisas do nosso dia a dia e somos engolidos por eles e é ai que mora a questão, por esse motivo eu resolvi olhar para mim e para o outro. Talvez você não acredite, mas um texto pode mudar a vida de alguém e ele pode ser uma mão estendida de você não está só.
Insta: littlebee_think / @liiimaca

Deixe um comentário