Délia Costa Provocações

América Armada

mm
Escrito por Délia Costa

Este documentário parte de uma tese tão assertiva quanto abrangente: as populações mais pobres do Brasil, Colômbia e México são ignoradas por seus governos que, a pretexto de combater as drogas e a violência, tornam-se os verdadeiros autores de crimes contra os direitos humanos, além de lucrarem com a exploração econômica de seus cidadãos.

Letreiros curtos, pouco aprofundados, lançam dados sobre o extermínio de Estado (na Colômbia, por exemplo, 20% da população foi assassinada em 50 anos). Jamais conhecemos as circunstâncias exatas de cada país, mas nos aproximamos das histórias por um senso compartilhado de indignação.

O movimento proposto pelos diretores Alice Lanari e Pedro Asbeg é o da sensibilização através da denúncia. Em 90 minutos, dezenas de casos de pessoas mortas, sequestradas e desaparecidas desfilam pela tela, acompanhados de testemunhos comoventes e imagens em tempo real – faço minhas as palavras de Bruno Carmelo.

PROVOCAÇÃO: você sente que estes fatos o deixam anestesiado psicológica e socialmente?

TRAILER:

 SINOPSE:

O documentário América Armada acompanha três pessoas que vivem no Brasil, Colômbia e México e que, ameaçadas de morte, lutam contra a violência alimentada pelo Estado e pela indústria bélica. Três histórias, três países, a mesma opressão.

FICHA TÉCNICA:

Título: América Armada

Título Original: América Armada

Direção e Roteiro: Alice Lanari & Pedro Asbeg

Produção Executiva: Carolina Dias & Tereza Alvarez

Fotografia e Câmera: Pablo Baião

Som Direto: Marcel Costa

Edição: Pedro Asbeg, edt.

Edição e Mixagem de Som: Damião Lopes

Correção de Cor: Herbert Marmo

Trilha Sonora Original: Ricardo Cotrim

Identidade Visual: Tiago Peregrino

País: Brasil

Ano: 2020

Duração: 78 min

Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos

FESTIVAIS

Estreia Nacional em setembro de 2018 na Sessão Hors Concours de Encerramento do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Estreia Internacional na Seleção Oficial Competitiva “Largometraje Internacional” do 13º DocsMX, Festival Internacional de Cinema Documentário da Cidade do México

IX Festival Internacional Pachamama Cinema de Fronteira

40º Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de La Habana

42º Festival Guarnicê de Cinema – Prêmio de Melhor Filme Júri Popular e Melhor Roteiro

41º Festival International Film de Femmes – Cretéil / France

23rd Brazilian Film Festival of Miami – EUA

13th Addis International Film Festival – Etiópia

Bajo la piel, 4º Festival Internacional de Cine de Derechos Humanos de Bolívia

Tenemos que ver, Festival Internacional de Cine de Derechos Humanos de Bolívia

8ª Cine FestBrasil de Montevideo

6º Festival de Cine por los derechos humanos – Colombia

Festival de direitos humanos de Barcelona – Espanha

Aonde assistir: a partir de 11 de março, disponível no NOW, Vivo Play, Oi Play, e posteriormente será exibido na Globo News em 25 abril de 2021.

 

Sobre o autor

mm

Délia Costa

Paulistana da gema, engenheira, amante do cinema.

Nos tempos de faculdade, fez parte do Cine Clube Frango Areia e Farofa carregando projetores, rolos de filmes e fazendo, sem muito sucesso, faixas e cartazes de divulgação (fez uma inusitada faixa de cabeça-para-baixo!).

De engenheira a professora, fundadora do MDGV - Movimento em Defesa da Granja Viana e criadora do Cine Libélula, cineclube da Granja Viana (2013 e 2014), um dos geradores desta coluna.
“Provocações" quer desafiar as pessoas a pensar, assistir filmes, ler livros, ir a peças de teatro, consertos, exposições.

"Provocações" é também uma homenagem ao querido Antônio Abujamra e seu programa na TV Cultura.

Deixe um comentário