Cinema Colunistas Délia Costa

Belas Artes à la Carte Grátis!

Escrito por Délia Costa
Público terá assinatura gratuita por duas semanas. Para otimizar ainda mais a experiência, a curadoria do SESI-SP propõe três mostras de filmes para serem acompanhadas até o final do projeto.

Em tempo de quarentena, ter BELAS ARTES A LA CARTE grátis até 14 outubro de 2020 é uma MARAVILHA!
Não perca!

Você tem até às 9 hs do dia 8 de outubro de 2020 para se inscrever em Meu Sesi no link: https://www.sesisp.org.br/cultura/cinesesisp para assistir, gratuitamente até 14/10/2020, aos filmes do Belas Artes A La Carte. Para otimizar ainda mais a experiência, a curadoria do SESI-SP propõe três mostras de filmes para serem acompanhadas até o final do projeto.

CINE SESI-SP
Parceria com o Belas Artes à la Carte
Projeto: Cine SESI-SP
A ideia desse projeto, além de dar acesso gratuito a todo o catálogo da plataforma de streaming do Belas Artes, é propor uma curadoria, inserindo os filmes em três mostras com conceitos singulares.

Na mostra Cidades Visíveis, o SESI-SP propõe ao público assistir às obras Perdidos Em Paris, Truman, Uma Longa Queda e Glory, nos 14 dias de acesso gratuito ao acervo. A escolha desses filmes está associada aos muitos ressignificados das identidades de algumas cidades, em um olhar que só o cinema pode oferecer ao ressaltar certos aspectos imagéticos e ignorar outros. Paris jamais será a mesma depois da Nouvelle Vague. Assim como Nova Iorque depois de Woody Allen.

Em Perspectivas Históricas (Diálogos entre as Histórias) o SESI-SP propõe o acompanhamento das obras Eva Não Dorme, O Fantasma da Sicília, Troca de Rainhas e Traídos pelo Desejo. Não raramente os filmes são marcados por grandes eventos históricos. A História não aparece apenas como pano de fundo, mas é um poderoso agente narrativo que transforma a vida dos personagens para sempre. Nesse processo, podemos revisitar eventos do passado através de diferentes perspectivas, já que nenhum fato histórico jamais terá apenas um lado. O cinema permite nos solidarizar com pessoas de todos os lugares e épocas. Torna-se, portanto, um poderoso instrumento de diálogo entre os povos ao mostrar suas diferentes perspectivas históricas.

A mostra Utopia traz o conceito de mundo ideal cunhado por Thomas More em 1516, e que está visível nas obras Beleza Roubada, Estranhos Normais, O Sonho de Greta e Navigator: Uma Odisseia no Tempo. O cinema muitas vezes voltou sua câmera para descrever a realidade como (supostamente) ela é, caso do Neo-Realismo italiano, por exemplo. Outros diretores ao redor do mundo preferiram pensar em como a Realidade poderia ser. Como o mundo seria se nos permitíssemos sonhar mais e ir atrás de nossos desejos mais profundos, mesmo nas condições mais adversas.

A proposta é dialogar com o público semanalmente nas redes sociais do SESI-SP, postando sinopses, trailers e comentários sobre todos os filmes das mostras.

Saiba mais em https://www.sesisp.org.br/cultura/cinesesisp

Sobre o autor

Délia Costa

Paulistana da gema, engenheira, amante do cinema.

Nos tempos de faculdade, fez parte do Cine Clube Frango Areia e Farofa carregando projetores, rolos de filmes e fazendo, sem muito sucesso, faixas e cartazes de divulgação (fez uma inusitada faixa de cabeça-para-baixo!).

De engenheira a professora, fundadora do MDGV - Movimento em Defesa da Granja Viana e criadora do Cine Libélula, cineclube da Granja Viana (2013 e 2014), um dos geradores desta coluna.
“Provocações" quer desafiar as pessoas a pensar, assistir filmes, ler livros, ir a peças de teatro, consertos, exposições.

"Provocações" é também uma homenagem ao querido Antônio Abujamra e seu programa na TV Cultura.

Deixe um comentário