Saúde Território

Comunicado importante de Embu das Artes

mm
Escrito por Redação

De 26/3 a 4 de abril, funcionarão apenas serviços essenciais

Como medida de enfretamento ao avanço da pandemia de covid-19, a Prefeitura de Embu das Artes antecipou cinco feriados municipais, por meio do Decreto nº 2167, de 19 de março de 2021. São eles: 26 de março – Dia da Padroeira Nossa Senhora do Rosário (7 de outubro de 2021), 29 de março – Dia da Consciência Negra (20 de novembro de 2021), 30 de março – Aniversário de Emancipação Político-Administrativa (7 de outubro de 2022), 31 de março – Dia da Padroeira Nossa Senhora do Rosário (7 de outubro de 2022) e 1º de abril – Feriado da Consciência Negra (20 de novembro de 2022).

Ao longo desses 10 dias, de 26 de março a 4 de abril, funcionarão apenas serviços essenciais, como pronto-socorros, Guarda Civil Municipal (GCM), serviço funerário e SAMU. As feiras livres também vão funcionar. A Feira de Artes e Artesanato continua suspensa e o Restaurante Popular estará fechado nesse período.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), não haverá atendimento presencial nas agências bancárias. O atendimento será de forma digital, via celular, internet e caixas eletrônicos.

Lembrando que já estão em vigor diversas medidas de restrição.
 Veja aqui.

Se puder, fique em casa. Não participe de aglomerações. Use máscara, lave sempre as mãos e use álcool em gel.

Sobre o autor

mm

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

3 Comentários

  • Ficar em casa seriam bom más não temos como é vamos sustentar nossos filhos como não temos recursos se pelo menos tivesse dinheiro para comprar alimentos essencial seriam bom .

  • Boa noite. Até mesmo o restaurante popular que serve as pessoas de baixa renda vai fechar.?! E quem depende dele pelo baixo valor, como vai ser feito? Vejo muito na TV e até mesmo ao meu redor que muitas pessoas, precisam desse serviço, por ser mais barato, pra levar uma refeição pra casa.
    Acredito que a alimentação (no caso restaurante popular) seja algo essencial para a população baixa renda.

Deixe um comentário