Bem estar Saúde

Corrida pela Vida: voluntários realizam campanha de doação de sangue

mm
Escrito por Redação
Iniciativa do Instituto MPD, organização sem fins lucrativos, criada pela construtora MPD Engenharia, visa apoiar Hemocentros e aumentar estoques de sangue
A pandemia da Covid-19 impactou os bancos de sangue de todo o País e segundo o Ministério da Saúde as doações caíram aproximadamente 20%. A reposição frequente dos estoques é fundamental para tratar diversas doenças e uma das importantes ações para engajar toda a população é a campanha Junho Vermelho – Mês de Conscientização para a Doação de Sangue, que evidencia a importância da doação contínua. No dia 14 de junho é celebrado o Dia Mundial do Dador de Sangue.

Diante disso, pensando em contribuir com as vidas das pessoas que dependem desse insumo, e que é essencial para o sistema de saúde, o Instituto MPD, organização sem fins lucrativos, criada pela construtora  MPD Engenharia, cujos pilares são educação, construção e sustentabilidade, realizou a campanha Corrida pela Vida, uma gincana entre os colaboradores, familiares e amigos, para a doação de sangue. Dentre as diversas iniciativas que o Instituto realiza, os projetos de doação de sangue fazem parte de uma das cinco frentes de atuação desenvolvidas pela Instituição.

As 31 equipes montadas pelos setores da construtora, abrangendo escritório e obras realizaram uma competição entre si. Aquela que mais doasse concorria a um prêmio. Ao todo, foram 74 doações encaminhadas para a Fundação Pró-Sangue e Santas Casas. Em relação à campanha do ano passado, houve um aumento de mais de 60%. Na ocasião, os colaboradores doaram na própria sede da MPD Engenharia, onde foi montado, pela Pró-Sangue, um posto de doação.

“A doação de sangue é um dos maiores atos de amor e de solidariedade. Uma única doação pode salvar até quatro vidas. Por isso, o engajamento do Instituto MPD em seguir unindo o time de colaboradores acontece não somente em campanhas específicas, mas sim durante todo o ano e estamos muito felizes em ver que todos estão cada vez mais preocupados em doar. Esse aumento que tivemos em relação ao ano passado só reforça isso”, diz Cecília Meyer, presidente do Instituto MPD.

A Fundação Pró-Sangue está com o estoque de sangue em nível crítico e convoca com urgência mais doadores. Os tipos O- e O+ estão em situação emergencial, já os sangues do tipo A- A+, B- e B+ estão em alerta, com tendência de entrada no patamar crítico. “Sabemos que a Fundação está com apenas 50% da quantidade de estoque necessária para abastecer mais de 100 Instituições de saúde da rede pública de São Paulo, dentre as quais se incluem os institutos do Hospital das Clínicas, Incor e ICESP. Por este e tantos outros motivos o nosso apelo e ajuda. Continuaremos a incentivar a doação de sangue com nossos colaboradores. Um ato tão nobre, que salva vidas”, finaliza Cecília.

Sobre o Instituto MPD
Construir está no DNA da MPD Engenharia, não apenas de metros quadrados, mas ajudando a construir também o bem estar humano. E o Instituto MPD, uma organização sem fins lucrativos, nasceu com o objetivo de planejar e executar ações socioambientais que contribuam para a construção de uma sociedade cada vez melhor, tendo como alicerces desse propósito a construção, a educação e a sustentabilidade. Dentre as diversas iniciativas que o Instituto realiza estão: projetos relacionados a doação de sangue, inclusão digital, campanhas diversas como, por exemplo, a campanha do agasalho, entre outras.

Sobre o autor

mm

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário