Saúde Território

Dados do boletim Covid-19 mostram que a taxa de recuperação dos pacientes chega a 73% em Cotia

Escrito por Redação
Os números mostram que, dos 1.145 pacientes infectados pelo novo vírus, 836 já se recuperaram. O primeiro caso confirmado na cidade foi anotado no mês de março

Diariamente, a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, divulga boletins com os números relacionados à pandemia do novo coronavírus no município. Os dados mostram que, desde o mês de março – quando a cidade registrou o primeiro caso confirmado de Covid-19 – já são 1.145 pessoas com diagnóstico positivo da doença, até a manhã desta quinta-feira (18/06). Deste total, 836 pessoas venceram a Covid-19, número que coloca a taxa de recuperação em 73%.

A Vigilância Epidemiológica de Cotia já notificou 4.035 casos suspeitos da doença e, até a manhã desta quinta-feira (18/06), 2.166 casos notificados tiveram resultado negativo para Covid-19, ou seja, 54%. “Apesar de a taxa de recuperação ser muito positiva não podemos baixar a guarda para esta doença e é muito importante que a população continue tomando todos os cuidados com a higiene das mãos, o uso de máscaras, o distanciamento social e só sair de casa se realmente for necessário”, disse Magno Sauter, titular da Saúde.

Entre as ações preventivas adotadas pelo poder público municipal está a Operação Desinfecção que passa pelos bairros higienizando ruas, calçadas, escadões, entre outros, com produto saneante, pias com água e sabão foram espalhadas em pontos estratégicos de Cotia, a Prefeitura está distribuindo máscara de tecido lavável gratuitamente para a população, entre outras.

“E, para o enfrentamento da doença já instalada, e dos casos suspeitos, a Prefeitura ampliou a capacidade de leitos públicos com a entrega do Centro de Combate e Referência ao Coronavírus que funciona desde abril e que já atendeu mais de 5 mil pessoas.

Foto: Alexandre Rezende

 

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário