Meio ambiente Território

Guarda Ambiental flagra corte irregular de árvore para construção de uma garagem

mm
Escrito por Redação

Homem estava cortando um exemplar de ipê-amarelo e foi notificado. A multa nesse caso pode chegar a R$ 1.500,00. Espécie é considerada patrimônio municipal

A Guarda Civil Ambiental de Cotia recebeu uma denúncia anônima de um corte irregular de árvore que estaria em andamento no bairro Jardim São Vicente, nessa quinta-feira (29/04). Ao se dirigir ao local para verificar o caso, a corporação flagrou um homem realizando o corte de um ipê-amarelo. Os galhos e o tronco seriam utilizados para a construção de uma garagem.

Ao ser abordado, verificou-se que o homem não tinha licença ambiental que autorizaria o corte. Diante disso, a Guarda Ambiental lavrou uma notificação e, o acusado de crime ambiental deve se apresentar na Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. Conforme previsto em leis federais, estaduais e municipais, o infrator está sujeito ao reparo do dano ambiental causado. A multa nesse caso pode chegar a R$ 1.500,00.

De acordo com a corporação, o homem foi enquadrado na prática de crime ambiental, conforme está previsto na Lei Municipal 1.989/2017. “Parabéns ao cidadão que teve a coragem de denunciar ao se indignar com essa prática ilegal. Cotia é vasta, a nossa força de fiscalização é limitada, ante a uma cidade tão grande, por isso, contamos sempre com a ajuda da população. Se não fosse pela denúncia recebida, o ipê-amarelo teria virado uma garagem”, disse Gustavo Gemente, titular do Verde e do Meio Ambiente. “E, claro, parabéns à nossa GC Ambiental que agiu rapidamente para impedir este crime”, completou.

Crimes ambientais podem ser denunciados pelo telefone 0800 898 11 00 (segunda a sexta-feira, das 8h às 17h). À noite, fim de semana e feriado a denúncia pode ser feita pelo 153 (GCM).

Fotos: Divulgação Guarda Ambiental

Sobre o autor

mm

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário