Colunistas Economia atual Wilians Soares Silva

Minhas Finanças? E ainda não fechamos nem o 1º Trimestre !!!

Amigo leitor, o 1º trimestre do ano, nunca foi fácil, mas esse está parecendo que não tem fim. A crise mundial, devido ao COVID-19 e a preocupação com a Pandemia que toma o planeta, está deixando o mundo da economia de “cabeça pra baixo”, mas algumas regras devem ser seguidas para você tentar aliviar a perda de dinheiro, investimentos e afins:

1. Verifique diariamente a taxa Selic que está “ladeira abaixo”;
2. Acompanhe o valor do dólar diário, pois essa moeda controla o mundo dos negócios;
3. Procure saber um pouco sobre Bolsa de Valores, Ações e Afins… esses itens fazem sim parte do seu dia a dia e você deve se preocupar com eles;
4. Não entre no “pânico” induzido por redes sociais e afins, você poderá comprar coisas desnecessárias e estocar itens que não irá utilizar, prejudicando quem realmente necessita.

Pois bem, o momento é de precaução mas não de “Medo”, pois esse sentimento nos paralisa e principalmente no meio financeiro, não deixa tomar atitudes de “risco”, mas que podem ser direcionadas com análises de itens e atualizações / indicadores que o mundo diariamente nos dá.

Se você tem um valor mínimo aplicado, não mexa nele… espere a turbulência da economia mundial acalmar; se comprou dólar pensando em ganhar com a alta, agora pode ser o melhor momento para vender, continha simples (valor de venda – valor pago= lucro real), não se esqueça do IOF; se tem aplicações em mercado e ações, acompanhe mas não se desespere com a queda brusca do seu valor aplicado, a hora é de ter “sangue frio” e aguardar, pois a ilusão de “retirada para perder menos”, pode ser o lucro que deixou de ganhar ou ainda, o valor aplicado que poderia ter recuperado no futuro; mas lembre-se, pagar juros e afins para outras instituições, tendo valor reservado, não vale a pena, não chega a ser nem o “6 por ½ dúzia”, pegue seu valor e esqueça dos juros, pois lembre-se da dica na matéria anterior “o não pagamento de contas em atraso e juros, já é o melhor investimento a se fazer”.

E por fim, o momento não sugere viagens, aquisições, investimentos e sim “cautela”, pois o mercado e planeta irá sacudir e já começou, mas após essa turbulência, conseguiremos sair mais fortes e com um planejamento focado em reservas, tenha certeza.

Poupar é Arte, Gastar “no momento” não faz Parte!!! Abraço

Sobre o autor

Wilians Soares Silva

Wilians Soares Silva (Wil) é especializado em Economia, com ênfase no jovem mas direcionado a todos os públicos, com um conceito rápido e direto para entendimento do leitor.

Casado, uma filha, morador de Cotia há mais de 30 anos e atualmente com residência em VGP. Formado em Gestão Financeira com diversos cursos e palestras nas Áreas de Gestão Administrativa e Economia pessoal e de bens.

1 Comentário

Deixe um comentário