Carina Lima Colunistas Crônica

Não me pergunte se estou bem

mm
Escrito por Carina Lima

Não me pergunte se estou bem, desculpe não quero parecer grosseira, mas não me pergunte se estou bem caso não tenha a real vontade de saber.

Perguntar se a pessoa está bem se tornou um protocolo no qual o outro não quer na maioria das vezes saber a verdade e quem responde não sabe dizer nada além do tô bem sem de fato ser algo sincero.

Quantas vezes você disse que estava bem sem de fato estar? Quantas vezes você se fechou no seu mundo por não se achar “digno” da companhia de alguém? Existem aqueles momentos que achamos que o que estamos sentindo não merece a preocupação do outro.

Às vezes me pego pensando a quantidade de vezes que não somos de verdade por qualquer que seja o motivo, nos fechamos, nos
acostumamos a dar respostas prontas e automáticas. Ao nos depararmos com quem realmente quer saber além do “protocolo”
achamos minimamente estranho ou diferente, afinal encontrar quem quer saber de você de verdade, te ouvir ou te acolher virou coisa rara e sorte, por isso sempre falo que é necessário agradecer por esses presentes em meio ao caos.

Em algum momento criamos a ilusão que não devemos dar trabalho para o próximo ou preocupa-los, devido a isso às vezes – até mesmo para aqueles que sabemos que existe um interesse genuíno sobre – deixamos de falar quando não estamos bem ou nos sentindo estranhos, acabamos esquecendo que não somos super-heróis e não somos  capazes de superar tudo como um filme de forma rápida, sozinhos ou que o outro vai descobrir.

Diferente do que muitos acham nem tudo que dividimos com alguém é em busca de solução, às vezes só queremos refletir, dividir ou conversar sobre o assunto com alguém que podemos ser nós mesmos.

Não me pergunte se estou bem só por educação, caso não tenha interesse real em saber talvez o ideal seja não perguntar, afinal a luta é árdua para aprendermos a ser sinceros com nossos sentimentos, em assumir quando não estamos legais e isso não só para os outros, mas para nós mesmos.

Sobre o autor

mm

Carina Lima

Carina Lima, nascida em 1992, estudante de Psicologia. Cada um tem sua missão e dom na vida, muitas vezes perdemos o tempo nos limitando a coisas do nosso dia a dia e somos engolidos por eles e é ai que mora a questão, por esse motivo eu resolvi olhar para mim e para o outro. Talvez você não acredite, mas um texto pode mudar a vida de alguém e ele pode ser uma mão estendida de você não está só.
Insta: littlebee_think / @liiimaca

Deixe um comentário