Cultura e lazer Metrópole

Oficinas Culturais de São Paulo reabrem para o público hoje, 26 de outubro

Escrito por Redação
Seguindo as diretrizes definidas pelo Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo, as Oficinas Culturais Oswald de Andrade, Alfredo Volpi e Juan Serrano retomam parte das visitações presenciais

Oficina Alfredo Volpi

Frente à entrada da capital na fase verde, as Oficinas Culturais Oswald de Andrade (foto acima), Alfredo Volpi e Juan Serrano reabrem para visitação a partir do dia 26 de outubro. Até lá, os equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo gerenciados pela Poieis irão realizar medidas de segurança necessárias para adequar os espaços.

Na primeira etapa de retomada das atividades presenciais (26/10 a 9/11), o público deverá agendar as visitas pelo site http://www.oficinasculturais.org.br. Neste período, as unidades funcionam de segunda e sexta-feira, das 12h às 16h, na unidade Oswald de Andrade; das 11h às 15h, na unidade Alfredo Volpi e das 13h às 18h na unidade Juan Serrano. Grupos e companhias também podem agendar horário para ensaio nas três unidades.

Para receber o público, que depois de sete meses volta a frequentar os espaços culturais, a Oficina Oswald de Andrade apresenta duas exposições: Ecos do Efêmero composta por 11 obras, entre instalações, vídeos e pinturas. Entre elas há a obra SOS cidade, de Mariane Cavalheiro, na qual o visitante poderá dar toques na tela para ouvir os sons e Toque-Instalação em Processo que reúne atualmente 246 módulos (autorretratos em relevo), criados por pessoas com e sem formação artística, videntes e pessoas sem visão, pacientes psiquiátricos, entre outros.

Já a Oficina Alfredo Volpi, os interessados poderão visitar a exposição Híbrida, coordenada pelo Yago Goya, que tece narrativas que questionam as multiplicidades de ser e estar, com Fotografias, ilustrações, telas e audiovisual. Realizadas em um contexto de instabilidade, as mais de 30 obras são feitas majoritariamente com materiais reutilizáveis a partir do repertório visual da artista.

Oficina Juan Serrano

Além disso, as unidades das Oficinas Culturais serão ocupadas por artistas e realizadores de cultura com ações culturais que serão transmitidas ao vivo. A Oficina Juan Serrano promoverá duas exibições de teleteatro ao vivo. No dia 21 de outubro, quarta-feira às 14h, será apresentado O Pequeno Príncipe. Na semana seguinte, dia 28 de outubro no mesmo horário, será a vez da apresentação A Lenda do Unicórnio. As transmissões acontecem por meio da plataforma Zoom e as inscrições podem ser feitas através do WhatsApp (11) 3971-3640. As duas peças serão retransmitidas pelo Facebook, sem a necessidade de inscrição.

Nos dias 31 de outubro e 7 de novembro, sábado às 11h, os artistas da exposição Ecos do Efêmero irão realizar uma Live na Oficina Oswald de Andrade que será transmitida na página do Instagram do equipamento. No dia 31 de outubro, a live será com Lucas Gervilla e, no dia 7 de novembro, com os artistas Milton Blaser e Rodrigo Gontijo.

Também no dia 31 acontecerá a transmissão ao vivo com a artista Ina Iê em Híbrida: Arte, Vida e Transformação na Oficina Alfredo Volpi às 20h pelo Instagram @ umabixa . Por fim, no dia 5 de novembro, quinta-feira às 15h, será a vez da Live Poéticas do Contato – Poéticas da Escuta: Experiências Colaborativas. O evento acontecerá na plataforma Google Meet e os interessados deverão se inscrever neste link.

Medidas de proteção e regras para visitações

Para garantir a segurança dos públicos e funcionários é preciso seguir o protocolo adotado pelas instituições, em conformidade com as diretrizes definidas pelo Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo. Por exemplo, é obrigatório o uso de máscara de proteção facial cobrindo nariz e boca, descrita no decreto nº 64.959, de 4 de maio de 2020, que deve ser utilizada por todas as pessoas e durante todo o tempo que permaneçam nos museus.

Na entrada das oficinas será oferecido álcool em gel para higienização das mãos, e será medida a temperatura corporal por termômetro digital. Não será permitida a entrada de pessoas que apresentarem temperatura igual ou superior a 37,5ºC.

Funcionários também passarão por essa triagem diariamente e, no caso de apresentarem sintomas relacionados à Covid-19, serão orientados a buscar uma unidade de saúde.

Recipientes com álcool em gel 70% ficarão disponíveis nas áreas de circulação. Orientações sobre os cuidados durante o percurso constarão nos cartazes afixados nos ambientes. Os percursos, sempre unidirecionais, serão orientados por sinalização, com indicação da distância de 1,5m entre as pessoas presentes e fluxos separados de entrada e saída.

Visitantes serão responsáveis pelos próprios objetos como bolsas e mochilas, sendo orientados a carregá-los na parte frontal do corpo. Será suspenso o uso de dispositivos eletrônicos como audioguias, fones de ouvido e outros equipamentos similares que exigem manuseio ou contato corporal até que haja segurança suficiente para o seu uso.

As atividades culturais e educativas programadas para o período continuarão sendo realizadas a distância, por meio de plataformas digitais, até que haja segurança para que algumas possam acontecer presencialmente.

Tanto os cômodos ocupados pelas equipes de trabalho das unidades, bem como os banheiros e as áreas comuns (de visitação e salas de aula) serão desinfetados a cada visita. Além do uso de máscaras de proteção facial, ao longo dos dias as equipes dos museus trabalharão em dias alternados, com distanciamento de 1,5m entre os presentes. Na recepção, que recebe o público visitante, os itens de proteção serão rigorosamente seguidos.

A programação on-line das Oficinas Culturais é mantida no hotsite http://poiesis.org.br/maiscultura/, onde está toda a agenda virtual dos equipamentos gerenciados pela Poiesis. Para mais informações sobre as atividades e novas medidas de atendimento das instituições, acesse o site de cada instituição.

SERVIÇO

Oficina Cultural Oswald de Andrade

Exposição: Ecos do Efêmero

Curadoria: Loly Demercian (CasaGaleria e Oficina de Arte)

Exposição: Toque- Instalação Em Processo | Autoria Compartilhada
Coordenação: Helio Schonmann | Lilian Amaral

LIVES COM ARTISTAS DA EXPOSIÇÃO: ECOS DO EFÊMERO:
31 de outubro, sábado às 11h
Lucas Gervilla
Plataforma: Instagram @ OficinasCulturais
07 de novembro, sábado às 11h
Milton Blaser e Rodrigo Gontijo
Plataforma: Instagram @OficinasCulturais

Live: Poéticas Do Contato – Poéticas Da Escuta: Experiências colaborativas. Arte, memórias e territórios
Coordenação: Lilian Amaral | Helio Schonmann
5 de novembro, quinta-feira, das 15h às 17h
Inscrição: de 21 de outubro a 3 de novembro, neste link
Plataforma: Google Meet

Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo
Telefone: (11) 3221-4704 || E-mail: oswalddeandrade@oficinasculturais.org.br
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira das 12h às 16h
Acessibilidade: rampa de acesso para cadeirantes

Programação gratuita
Durante o distanciamento social devido à Covid-19, toda a programação está sendo realizada de forma virtual.
www.oficinasculturais.org.br

Oficina Cultural Alfredo Volpi
Exposição: Híbrida
Coordenação: Yago Goya
Híbrida: Arte, vida e transformações com Ina Iê
31 de outubro, 20h
Plataforma: Instagram @umabixa

Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera – São Paulo
Telefone: (11) 2205-5180 | 2056-5028
Funcionamento: de segunda a sexta-feira das 11h às 15h
www.oficinasculturais.org.br

Oficina Cultural Maestro Juan Serrano
Teleteatro ao Vivo: O Pequeno Príncipe
Coordenação: Dona Mirna Cia. de Arte.
Data e horário: 21 de outubro, quarta-feira, das 14h às 15h
Inscrição: WhatsApp (11) 3971-3640
Plataforma: Zoom com retransmissão aberta no Facebook

Teleteatro ao Vivo: A Lenda Do Unicórnio
Coordenação: Cia Teatral Condoreira.
Data e horário: 28 de outubro, quarta-feira, das 14h às 15h
Inscrição: WhatsApp (11) 3971-3640
Plataforma: Zoom com retransmissão aberta no Facebook

Rua Joaquim Pimentel, 200 – Cohab Taipas – São Paulo
Telefone: (11) 3994-3362 | 3971-3640
Funcionamento: de segunda a sexta-feira das 13h às 18h
www.oficinasculturais.org.br

SOBRE A OFICINA CULTURAL OSWALD DE ANDRADE
A Oficina Cultural Oswald de Andrade, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, realiza atividades na formação e difusão cultural em diferentes linguagens artísticas. As atividades são gratuitas e no formato de oficinas, workshops, núcleos de estudos, seminários, residências artísticas, intercâmbios, apresentações cênicas, exposições, entre outros. Em seus 30 anos de existência, passaram pela Oficina grandes nomes como Quentin Taratino, Klauss Vianna, Nuno Ramos, além de importantes companhias nacionais e internacionais como Théâtre du Soleil, The Workcenter of Jerzy Grotowski, e Thomas Richards e Teatro da Vertigem.

SOBRE A OFICINA CULTURAL ALFREDO VOLPI
Criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciada pela Poiesis, desde 1986 a Oficina Cultural trabalha com a formação de jovens profissionais em diversas áreas como: artes plásticas, dança, fotografia, moda, performance, processos gráficos e teatro.

SOBRE A OFICINA CULTURAL MAESTRO JUAN SERRANO
A Oficina Cultural Juan Serrano realiza atividades voltadas para a formação e difusão cultural em diferentes linguagens artísticas. As atividades são gratuitas e abrangem diversas áreas como tecnologia, artes plásticas, teatro, literatura, música, fotografia, dança e circo, entre outros. Oficinas Culturais é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, que atua, desde 1986, na formação e na vivência da população no campo de cultura. O Programa é administrado pela organização social Poiesis.

SOBRE A POIESIS
A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário