Colunistas Regina Machado Steurer

Projeto Âncora a partir de agora é Cidade Âncora

No dia 23 de setembro, data do 25º aniversário do Projeto Âncora, os associados da entidade, em assembleia, votaram pela continuidade do CNPJ, elegeram nova Diretoria e Conselho Fiscal, novo nome para a entidade e mantiveram o Conselho Consultivo com mandato de mais 2 anos.

O Projeto evoluiu para Cidade, abrigará além da Ong de assistência social, uma série de negócios de geração de impacto socioambiental.

Expandimos o atendimento para uma comunidade muito maior e sem limites de idade e classe social. Continuamos com a missão fundadora de ser um lugar para aprender, experimentar, reinventar e compartilhar uma outra forma de ser e estar no mundo, que respeite os limites do planeta, atenda as necessidades básicas das pessoas e possa ser referência para outras iniciativas de impacto social.

A crise nos fez voltar às origens. Olhando o documento de 1995, quando desenhávamos o que seríamos, encontramos nosso primeiro nome: CIDADE ÂNCORA. Essa foi a chave que precisávamos para abrir o futuro: deixar de ser Projeto – que projeto tem começo, meio e fim – e sermos o que nascemos para ser: a CIDADE ÂNCORA.
Postamos aqui um primeiro mapa dessa CIDADE ainda em construção, ainda convocando aqueles que queiram estar conosco, ainda esperando passar a pandemia para abrir as portas.

Esperamos que você seja um desses cidadãos e cidadãs da CIDADE ÂNCORA!

Arte: Clara Willer @clarawiller

Sobre o autor

mm

Regina Machado Steurer

Mineira de Juiz de Fora. Mãe de dois adolescentes. Arquiteta e Urbanista. Trabalhou com movimentos sociais de urbanização de favelas no Rio e em São Paulo. Trabalha com comunidades na organização de seus espaços físicos, sociais e políticos.
Fundadora do Projeto Âncora junto com Walter Steurer.

Projeto Âncora: http://projetoancora.org.br

Deixe um comentário