Meio ambiente Território

Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente abre Parque Estadual Urbano Jequitibá

Escrito por Redação

Dia 12 de julho houve a reunião de posse do Conselho de Orientação e abertura do Parque à população do entorno.

Abrindo a reunião, o Subsecretário da SIMA-SP arq. Eduardo Trani cumprimentou a todos os presentes, justificando a ausência do então Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, engº Marcos Penido, devido sua agenda já programada.

Parabenizando agradeceu todos os assessores e técnicos da SIMA em nome da Rafaela Di Fonzo, que é a Coordenadora de Parques e Parcerias (CPP), e que vem colaborando em muito na formatação para regularização de toda esta área; aos representantes de municípios que fazem parte da Grande SP, aos representantes da Sociedade Civil, entre os presentes, os membros que tomaram posse do Conselho de Orientação do Parque, como entidades de Itapecerica da Serra, Embu das Artes e de Cotia, como a FATEC, a ONG In-Pacto Instituto Proteção Ambiental e a SAB Petit Village, muitos que lutam há anos na região contra a degradação do meio ambiente.

O Parque não possui ainda todos os equipamentos para ocupação pela população interessada.

Possui estacionamento gratuito e abre diariamente das 8 às 17hs com opções de trilhas, espaço de leitura e ações de educação ambiental.

A área pode ser acessada pela Rua Sapucaí, s/nº, Bairro Gramado em Cotia ou somente para pedestres pela Rua Savério Quadrio, 701, Parque Ipê, SP.

Por ser uma área extensa, a Secretaria de Meio Ambiente do Estado, decidiu pela sua abertura enquanto busca junto ao empresariado da região, uma parceria e cooperação para que os equipamentos venham a ser de fato incrementados.

Por ora deve continuar o Programa de Educação Ambiental para pesquisa de sua história, características ambientais da região, definição de objetivos e de atividades a serem oferecidas e já possui uma sala de estudos e biblioteca contendo diversas edições para o Programa, contando com monitores especializados para atendimento principalmente a rede escolar.

Toda sua documentação estrutural encontra-se em tramitação como o Estatuto Social e seu Regimento Interno do Conselho de Orientação.

Breve histórico da área

O Subsecretário arq. Eduardo Trani, repassou um pouco da história desse parque: o Governo, no final da década de 1989, acreditava haver vocação para conjuntos habitacionais pela proximidade com a Rodovia. No entanto, durante estudos, após uma completa vistoria in loco, feita por ele e por uma equipe, com um outro olhar mais aguçado, decidiram que não tinha vocação para ser habitacional e assim tiveram a certeza – pela conscientização ecológica e ambiental que na época não era tão enfática como atualmente -, mas que diante de uma vegetação considerável de fauna e flora preservadas, os governos subsequentes optaram em mantê-la intacta e assim, apesar da área pertencer à CDHU, esta entrou como compensação pela obra do 1º Trecho Oeste do Rodoanel.

Assim, nos últimos anos, o Governo decidiu por gestá-la dando ênfase à futura criação de uma área de lazer para a população do entorno e com uma equipe de técnicos formada, deram início ao projeto.

Sua criação se deu por meio de Decreto publicado em março de 2006, oferecendo uma área de 1,3 milhão de m² com a maior parte composta por floresta.

Por: In-PACTO Instituto Proteção Ambiental

Sobre o autor

Redação

O Jornal d'aqui digital é uma prestadora de serviços que atua com comunicação na região da Granja Viana, Cotia (SP). Nasceu originalmente em 1979 como mídia impressa e assim atuou durante 35 anos. O formato atual surgiu a partir de um movimento de amigos/leitores inconformados com o encerramento de suas publicações.

Deixe um comentário