Colunistas Délia Costa Provocações

Solo Fértil

mm
Escrito por Délia Costa

A história é cíclica: parte da  China, Grécia se tornaram desertos.

Vamos reviver os erros dos Impérios Chineses, Gregos e Romanos?

Muitas vezes as coisas são óbvias, mas, como estamos acostumados a certo tipo de raciocínio, não percebemos o óbvio. Por exemplo, a foto abaixo é de um local que está sendo preparado para o plantio.

Basta olhar para saber que, para que alguma planta nasça neste areião, tem-se de colocar uma infinidade de adubos, pois já não existe mais terra, existe apenas uma areia infértil.

Abaixo duas fotos de Loess Plateau, berço da civilização na China, local aonde a agricultura começou. Fotos tiradas em 1994, mostrando um local completamente devastado, com pessoas muito pobres. Nesta época, este era o local mais erodido da Terra.

Acima, vemos solo árido e muita pobreza em 1994.

O mesmo local, poucos anos depois, agora com biodiversidade, se encontra totalmente recuperado.

E as pessoas já tem outra situação.

Este documentário, em que Gisele Bundchen faz um depoimento e também é produtora, nos mostra que ao cuidarmos bem da terra, estamos cuidando bem de nós mesmos.

Pode-se resumir isso de um modo muito simples: toda a vida é constituída por carbono. Carbono no ar causa poluição e o aquecimento global. Ao plantarmos (ou deixarmos crescer/viver) grande variedade de plantas (e de animais) num mesmo local, estamos colocando novamente o carbono para dentro da terra, já que as raízes (e as minhocas, e as bactérias que vivem dentro da terra) são feitas do mesmo carbono que no ar causa poluição e aquecimento global. As árvores e as plantas, através da fotossíntese, se encarregam de retirar o carbono de ar.

O presidente americano Roosevelt criou uma agência que existe até hoje, que prova que não é bom plantarmos apenas uma espécie em determinado lugar – a biodiversidade, de plantas e de animais é a solução.

Acima as áreas que estão se tornando desertos – note que o Brasil está entre elas.

Tudo é um. O planeta é sábio. Basta olhar e ver e depois agir –  nem que seja apenas divulgando essas ideias.

PROVOCAÇÃO: Agora olhe a foto abaixo:

Que certezas você tem de qual origem vem parte de seus alimentos: de uma terra árida e pobre ou de uma terra cheia de vida?

TRAILER:

https://www.youtube.com/watch?v=sAHS6crZA64

SINOPSE:

Cientistas e celebridades revelam como o solo da Terra pode ser fundamental para o combate às mudanças climáticas e a preservação do planeta: um documentário que aborda um grupo revolucionário de ativistas, cientistas, agricultores e políticos que se unem em um movimento global chamado “Agricultura Regenerativa”, que tem como objetivo equilibrar nosso clima, reabastecer nosso vasto suprimento de água e alimentar o mundo.

FICHA TÉCNICA:

Título: Solo Fértil

Título Original: Kiss The Ground

Direção: Joshua Tickell, Rebecca Harrell Tickell

Roteiro: Joshua Tickell, Rebecca Harrell Tickell

Elenco: Patricia Arquette, Tom Brady, Gisele Bundchen

Elenco: Patricia Arquette, Tom Brady, Gisele Bundchen

Voz: Woody Harrelson

Gênero: documentário

Aonde assistir: Netflix

 

Sobre o autor

mm

Délia Costa

Paulistana da gema, engenheira, amante do cinema.

Nos tempos de faculdade, fez parte do Cine Clube Frango Areia e Farofa carregando projetores, rolos de filmes e fazendo, sem muito sucesso, faixas e cartazes de divulgação (fez uma inusitada faixa de cabeça-para-baixo!).

De engenheira a professora, fundadora do MDGV - Movimento em Defesa da Granja Viana e criadora do Cine Libélula, cineclube da Granja Viana (2013 e 2014), um dos geradores desta coluna.
“Provocações" quer desafiar as pessoas a pensar, assistir filmes, ler livros, ir a peças de teatro, consertos, exposições.

"Provocações" é também uma homenagem ao querido Antônio Abujamra e seu programa na TV Cultura.

Deixe um comentário